Flash Player 11 beta tem versão de 64-bit para Linux

Há algum tempo a Adobe prometeu uma nova versão do Flash Player de 64-bit para Linux. A promessa foi cumprida nesta semana: o Flash Player 11 tem versão para o pinguim, tanto de 32 como 64-bit.

As análises iniciais apontam que é um trabalho razoavelmente bem feito, apesar de não suportar todas as GPUs como deveria ainda e ter inúmeros problemas em algumas configurações. Segundo o Phoronix aparentemente ele não suporta VA-API, interface de aceleração disponível para drivers open source da Intel nem da AMD, vindo sem suporte a XvBA também. Pelo visto o melhor desempenho é obtido com um driver VDPAU da Nvidia. Isso precisa melhorar se o Flash quiser mais respeito no Linux. Mesmo assim é um avanço, considerando que a última versão para Linux já estava bem defasada. Outra coisa interessante é o suporte a Broadcom Crystal HD.

Os links de download estão na página da Adobe Labs, tendo opções para Windows, Mac e Linux. Hádetalhes dos recursos suportados aqui, sem especificar os sistemas. Apesar de ter suporte a 64-bit e outras melhorias, esta é uma versão beta, problemas são esperados.

Cá entre nós, problemas no Flash Player são esperados até na versão estável 😛 É complicado para uma única empresa controlar um plugin tão essencial para o funcionamento da web e suportá-lo em inúmeras plataformas. Se ele tivesse uma implementação aberta a coisa seria bem melhor, já que cada fabricante de navegador (e ou sistema) implantaria o suporte à sua moda, deixando no final tudo intercompatível – como o HTML 5. Por mais vários anos, talvez até mesmo décadas, teremos que conviver com este problema.

Deixe uma resposta